StalktureStalkture

Instagram Online Web Viewer

mudançadegênero photos and videos

Find out recent #mudançadegênero photos and videos

View correiodaparaiba's Instagram Justiça da #Paraíba permite que uma pessoa #transexual faça a #mudançadegênero mesmo sem passar por cirurgia de adequação de #sexo. Acesse nosso site para saber mais. O texto é de @ainoageminiano. Link na bio. #correiodaparaiba 1617537635873962952_2336517345

Justiça da #paraíbapermite que uma pessoa #transexualfaça a #mudançadegênero mesmo sem passar por cirurgia de adequação de #sexo. Acesse nosso site para saber mais. O texto é de @ainoageminiano. Link na bio. #correiodaparaiba

Share 0 38
View edinharamos's Instagram Filho transexual de militar perde pensão após mudança de gênero

A Marinha cancelou a pensão do filho transexual de um militar após ele assumir sua identidade de gênero masculina. Ele teve o benefício negado pela Justiça Federal, garantido às mulheres solteiras, segundo a legislação militar.
Na decisão, publicada na última quarta-feira, 13, o juiz federal Frederico Montedonio Rego, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, diz que a negativa da pensão ao transexual significa que ele foi tratado com o devido respeito à sua “condição existencial”. As informações são do "JOTA", portal de assuntos jurídicos.
“Entender que o impetrante seria titular do direito à pensão seria considerá-lo, em alguma medida ou para certos fins, como um indivíduo do sexo feminino, o que reavivaria todo o sofrimento que teve durante a vida e violaria sua dignidade, consubstanciada no seu direito – já reconhecido em juízo – a ser reconhecido tal como é para fins jurídicos, ou seja, como um indivíduo do sexo masculino”, defendeu.
“O impetrante deixou de preencher um dos requisitos essenciais para a percepção da pensão, o que autoriza o seu cancelamento. Não é inédita no direito a revisão de benefícios concedidos em razão de uma condição em princípio permanente, mas cuja mudança é incompatível com a continuidade da prestação”, concluiu.
Fonte: O povo

Matéria completa: https://examedaoab.jusbrasil.com.br/noticias/502895788/filho-transexual-de-militar-perde-pensao-apos-mudanca-de-genero?utm_campaign=newsletter-daily_20170926_6053&utm_medium=email&utm_source=newsletter

#decisãojudicial #mudançadegênero #transexual #justiçamilitar 1613910877021660640_400513148

Filho transexual de militar perde pensão após mudança de gênero A Marinha cancelou a pensão do filho transexual de um militar após ele assumir sua identidade de gênero masculina. Ele teve o benefício negado pela Justiça Federal, garantido às mulheres solteiras, segundo a legislação militar. Na decisão, publicada na última quarta-feira, 13, o juiz federal Frederico Montedonio Rego, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, diz que a negativa da pensão ao transexual significa que ele foi tratado com o devido respeito à sua “condição existencial”. As informações são do "JOTA", portal de assuntos jurídicos. “Entender que o impetrante seria titular do direito à pensão seria considerá-lo, em alguma medida ou para certos fins, como um indivíduo do sexo feminino, o que reavivaria todo o sofrimento que teve durante a vida e violaria sua dignidade, consubstanciada no seu direito – já reconhecido em juízo – a ser reconhecido tal como é para fins jurídicos, ou seja, como um indivíduo do sexo masculino”, defendeu. “O impetrante deixou de preencher um dos requisitos essenciais para a percepção da pensão, o que autoriza o seu cancelamento. Não é inédita no direito a revisão de benefícios concedidos em razão de uma condição em princípio permanente, mas cuja mudança é incompatível com a continuidade da prestação”, concluiu. Fonte: O povo Matéria completa: https://examedaoab.jusbrasil.com.br/noticias/502895788/filho-transexual-de-militar-perde-pensao-apos-mudanca-de-genero?utm_campaign=newsletter-daily_20170926_6053&utm_medium=email&utm_source=newsletter #decisãojudicial #mudançadegênero #transexual #justiçamilitar

Share 0 5
View cerqueiraemenescal's Instagram Esse entendimento foi firmado pela Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ao acolher um pedido de modificação de prenome e de gênero de transexual que apresentou avaliação psicológica pericial para demonstrar identificação social como mulher. Para o colegiado, o direito dos e das transexuais à retificação do registro não pode ser condicionado à realização de cirurgia, que pode inclusive ser inviável do ponto de vista financeiro ou por impedimento médico. Saiba mais: http://bit.ly/Alteracaoregistrocivil
➡Fonte: CNJ

Também já falamos sobre esse tema no nosso blog. Leia aqui: http://cerqueiraemenescal.adv.br/blog/transexual/

#trans #transexual #mudançadenome #mudançadegênero #respeito #advocacia #niterói #informação #justiça 1606791839755422920_1836548805

Esse entendimento foi firmado pela Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ao acolher um pedido de modificação de prenome e de gênero de transexual que apresentou avaliação psicológica pericial para demonstrar identificação social como mulher. Para o colegiado, o direito dos e das transexuais à retificação do registro não pode ser condicionado à realização de cirurgia, que pode inclusive ser inviável do ponto de vista financeiro ou por impedimento médico. Saiba mais: http://bit.ly/Alteracaoregistrocivil ➡Fonte: CNJ Também já falamos sobre esse tema no nosso blog. Leia aqui: http://cerqueiraemenescal.adv.br/blog/transexual/ #trans #transexual #mudançadenome #mudançadegênero #respeito #advocacia #niterói #informação #justiça

Share 1 23
View campograndenews's Instagram Sentir que você vive num corpo que não é seu não deve ser uma sensação nada agradável. Por isso, algumas pessoas decidem fazer a mudança de gênero e para esse processo ser menos doloroso, as psicólogas Adriane Rita Lobo e Andrea Brum criaram o Grupo de Psicoterapia para Acompanhamento do Processo Transexualizador. Veja matéria no Campo Grande News de hoje. #CGNews #CampoGrande #LadoB #Trans #Psicologia #MudançadeGênero 1606558780745039608_342086045

Sentir que você vive num corpo que não é seu não deve ser uma sensação nada agradável. Por isso, algumas pessoas decidem fazer a mudança de gênero e para esse processo ser menos doloroso, as psicólogas Adriane Rita Lobo e Andrea Brum criaram o Grupo de Psicoterapia para Acompanhamento do Processo Transexualizador. Veja matéria no Campo Grande News de hoje. #cgnews #campogrande #ladob #trans #psicologia #MudançadeGênero

Share 0 84
View verbo_oab's Instagram Qual a sua opinião sobre isso? 
#lei #mudançadegênero #direito 1603743278897674679_3253157427

Qual a sua opinião sobre isso? #lei #mudançadegênero #direito

Share 25 125
View williamspaiva_advocacia's Instagram Todos os transexuais, inclusive os que não se submeteram à cirurgia transgenital, têm o direito de mudar o gênero no registro civil. Assim entendeu a 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça, ao reformar decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul que negou a alteração do sexo e autorizou apenas um novo prenome a uma pessoa que se identifica como mulher. À luz do princípio fundamental da dignidade da pessoa humana, o direito dos transexuais à retificação do sexo no registro civil não pode ficar condicionado à exigência de realização da operação de transgenitalização. O transexual tem direito a retificação de registro de nascimento, tanto na troca de prenome como na referência ao sexo. Gostou da postagem? Contribua para que esta informação chegue a mais pessoas. Comente e marque seus amigos, esta informação também pode ser importante para eles. Salientamos que este artigo é de cunho meramente informativo, não fazendo, portanto, análises e opiniões pessoais sobre o tema abordado.  Maiores Informações: (85) 9 9910-1400 ou pelo e-mail: wpadvog@gmail.com 
#transexuais #mudançadegênero #mudançadeprenome #direitodostransexuais 1597220704306895269_5641078412

Todos os transexuais, inclusive os que não se submeteram à cirurgia transgenital, têm o direito de mudar o gênero no registro civil. Assim entendeu a 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça, ao reformar decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul que negou a alteração do sexo e autorizou apenas um novo prenome a uma pessoa que se identifica como mulher. À luz do princípio fundamental da dignidade da pessoa humana, o direito dos transexuais à retificação do sexo no registro civil não pode ficar condicionado à exigência de realização da operação de transgenitalização. O transexual tem direito a retificação de registro de nascimento, tanto na troca de prenome como na referência ao sexo. Gostou da postagem? Contribua para que esta informação chegue a mais pessoas. Comente e marque seus amigos, esta informação também pode ser importante para eles. Salientamos que este artigo é de cunho meramente informativo, não fazendo, portanto, análises e opiniões pessoais sobre o tema abordado. Maiores Informações: (85) 9 9910-1400 ou pelo e-mail: wpadvog@gmail.com #transexuais #mudançadegênero #mudançadeprenome #direitodostransexuais

Share 0 70
View cerqueiraemenescal's Instagram Você acompanha a novela "A força do querer"? Não?!
Mas deve ter ouvido falar sobre a personagem Ivana (Carol Duarte), que não aceita o próprio corpo e questiona muitas coisas.
A trama está abordando as questões de gênero e sexualidade, principalmente, através da Ivana e Nonato (que, na verdade, é a travesti transformista Elis Miranda).
Já  a Ivana tem feito acompanhamento psicológico e buscando ajuda para entender quem ela é. Nessa busca, vai descobrir que é trans e gay, o que pode parecer confuso no início. Em suma, ela é um homem nascido no corpo de uma mulher e se sente atraída pelo sexo masculino. Simples!
Como a Ivana, muitas pessoas sofrem pelo fato de não se identificarem com seu corpo, gênero, nome. São os transexuais! Eles ainda precisam enfrentar o preconceito da sociedade!
E o que isso tem a ver com o Direito? Muita coisa!!!
Antigamente a distinção entre os gêneros era feita baseada apenas na conformação da genitália. Nasceu com órgão sexual masculino, homem. Nasceu com órgão sexual feminino, mulher.
Mas isso não era suficiente. Se pessoas podem nascer com a genitália de um gênero e se sentir pertencente ao gênero oposto, isso não bastava.
Com a cirurgia de modificação de sexo, passou a ser permitido que o nome e sexo fossem alterados no registro.
Mas isso também não bastava, pois muitos trans não fazem a cirurgia. Uns por questões médicas, outros por opção. Então, é justo condicionar esse direito à realização da cirurgia?
Hoje em dia já temos decisões autorizando a retificação de nome e de gênero de transexuais em assento de nascimento, independente da realização da cirurgia para readequação do sexo, o que é um grande avanço.
Para nós, o não reconhecimento desses direitos aos trans violaria o macroprincípio constitucional da dignidade da pessoa humana, dentre outros.
A possibilidade de mudança de nome e gênero no registro civil, sem ser condicionada à referida cirurgia, está sendo analisada pelo STF, em julgamento de Recurso Extraordinário, com repercussão geral reconhecida. (RE 670422)

E você, o que acha disso?

#direito #trans #transexual #mudançadenome #mudançadegênero #respeito #luta
#advocacia #informação #niterói 1561866801929845833_1836548805

Você acompanha a novela "A força do querer"? Não?! Mas deve ter ouvido falar sobre a personagem Ivana (Carol Duarte), que não aceita o próprio corpo e questiona muitas coisas. A trama está abordando as questões de gênero e sexualidade, principalmente, através da Ivana e Nonato (que, na verdade, é a travesti transformista Elis Miranda). Já a Ivana tem feito acompanhamento psicológico e buscando ajuda para entender quem ela é. Nessa busca, vai descobrir que é trans e gay, o que pode parecer confuso no início. Em suma, ela é um homem nascido no corpo de uma mulher e se sente atraída pelo sexo masculino. Simples! Como a Ivana, muitas pessoas sofrem pelo fato de não se identificarem com seu corpo, gênero, nome. São os transexuais! Eles ainda precisam enfrentar o preconceito da sociedade! E o que isso tem a ver com o Direito? Muita coisa!!! Antigamente a distinção entre os gêneros era feita baseada apenas na conformação da genitália. Nasceu com órgão sexual masculino, homem. Nasceu com órgão sexual feminino, mulher. Mas isso não era suficiente. Se pessoas podem nascer com a genitália de um gênero e se sentir pertencente ao gênero oposto, isso não bastava. Com a cirurgia de modificação de sexo, passou a ser permitido que o nome e sexo fossem alterados no registro. Mas isso também não bastava, pois muitos trans não fazem a cirurgia. Uns por questões médicas, outros por opção. Então, é justo condicionar esse direito à realização da cirurgia? Hoje em dia já temos decisões autorizando a retificação de nome e de gênero de transexuais em assento de nascimento, independente da realização da cirurgia para readequação do sexo, o que é um grande avanço. Para nós, o não reconhecimento desses direitos aos trans violaria o macroprincípio constitucional da dignidade da pessoa humana, dentre outros. A possibilidade de mudança de nome e gênero no registro civil, sem ser condicionada à referida cirurgia, está sendo analisada pelo STF, em julgamento de Recurso Extraordinário, com repercussão geral reconhecida. (RE 670422) E você, o que acha disso? #direito #trans #transexual #mudançadenome #mudançadegênero #respeito #luta #advocacia #informação #niterói

Share 1 24
View rheloisa_helena's Instagram Procura-se amigos normais, pq os loucos já estão comigo... ❤
#Trote #MudançaDeGênero #3ão #3A #Amo #ColaNaGrade #EaiCremosa 1477664106278249608_3479676596

Procura-se amigos normais, pq os loucos já estão comigo... ❤ #trote #MudançaDeGênero #3ão #3a #amo #colanagrade #eaicremosa

Share 2 40
Load More